HOLLYWOOD E OS PRIMEIROS ESTÚDIOS | Histórias do Cinema

Pouco antes da guerra das patentes, a Califórnia já fora descoberta pelos estúdios cinematográficos.

Em 1907, atraídos pela propaganda de muito sol, Francis Boggs, diretor da Selig (uma das companhias que faziam parte do truste), e Thomas Persons, fotógrafo e comerciante, foram para aquele Estado na costa oeste norte-americana, a fim de filmar um rolo de locações externas para O Conde de Monte Cristo, pois as internas tinham sido feitas em estúdio de Chicago.


Em 1908, o mesmo Boggs produziu o primeiro filme dramático totalmente dirigido na Califórnia. Tratava-se de The Power of the Sultan, em que trabalhava o ex-ator da Broadway, Hobart Bosworth, que tinha perdido a voz e o emprego. Logo após esse filme, a Selig construiu um estúdio em Los Angeles (foto abaixo), tendo início a corrida dos produtores para essa cidade.

Em 1909, semanas antes de David W. Griffith ir à Califórnia para filmar um faroeste em locais autênticos, Adam Kessel e Charles Bauman montaram um estúdio na mesma rua da Selig, onde, em 1912, Mack Senneth iria instalar a Keystone Company.


O local se chamava Hollywood, e, a partir daí, foi crescendo e parecia que, no futuro, iria transformar-se em cidade independente. Mas, em 1910, como faltasse muita água ali, a Prefeitura de Los Angeles não permitiu que se tornasse autônomo.


O primeiro estúdio a trabalhar em Hollywood foi a Nestor Company, em outubro de 1911 (foto abaixo), onde se rodou o faroeste Indian Raiders com índios de verdade, trazidos do Novo México.

Durante algum tempo, após o sucesso dessa fita, 15 diferentes companhias filmaram faroestes, pois o bom tempo permanente ajudava o trabalho cinematográfico nas externas.


Apesar do medo dos espiões da Motion Pictures Patents Company, companhia detentora do truste das patentes, os produtores localizados na Califórnia passaram a não dar atenção à guerra que os obrigara a se localizarem na costa oeste. Para eles, a Motion Pictures Patents Company não iria durar muito tempo.


A MOTION PICTURES PATENTS COMPANY CHEGA AO FIM

Mas, enquanto isso, na costa leste, a perseguição aos produtores independentes continuava. Adolph Zukor, imigrante húngaro, terminou uma sociedade de 10 anos entre ele e o distribuidor Marcus Loew, e fundou distribuidora própria. Através dela, importou uma luxuosa produção francesa, com dois rolos, Elizabeth, reine d'Angleterre (1912), de Louis Mercanton, estrelada por Sarah Bernhardt.


A 12 de julho de 1912, dia da estréia em Nova York, Zukor resolveu criar sua produtora, que chamou Famous Players in Famous Plays, e para isso contratou famosos atores de teatro e o diretor Edwin S. Porter. Em 1916, uniu a sua produtora com a de Jesse L. Lasky - Feature Plays - e convidou Samuel Goldwyn para seu principal assessor e Cecil B. de Mille para diretor geral. Em 1917, desta sociedade, nasceu a Paramount.


Em 1914, a indústria cinematográfica já tinha se expandido incontrolavelmente, bem como a distribuição e a exibição, causadas pela pressão do truste (a Motion Pictures Patents Company) e também pela popularidade cada vez maior daquele gênero de divertimento. Mas, ao contrário do que se esperava, tudo isso abalou os alicerces da indústria, pois William Fox, apoiado pela imprensa norte-americana, desencadeou forte campanha contra aquele truste. Na época, o Presidente da República norte-americana, Woodrow Wilson, agia com uma política essencialmente antitruste e forçou a acabar com a Motion Pictures Patents Company.

Em 1917, quando a Fox Filmes Corporation, empresa de William Fox, completava dois anos, os tribunais, baseados na lei Sherman (uma lei antitruste, de 1890), acabaram definitivamente com a guerra das patentes. Como conseqüência disso, surgiu o star system, criação dos produtores para fazer crer que Hollywood seria, dali por diante, a Meca do Cinema.

»

»

Fontes de Pesquisa: Revista Cinemin.

»

»

CURTAM, COMENTEM E COMPARTILHEM!!!

.

.

Sigam CULT COLLECTORS:

Site Oficial: www.cultcollectors.com

Facebook: https://goo.gl/H9tnAM

Instagram: https://goo.gl/gdQ4Ut

Twitter: https://goo.gl/xr7AyT

WhatsApp: http://whats.link/cultcollectors

.

.

CULT COLLECTORS

Ser Cult É Ser Colecionador!!!

19 visualizações

© Todos os Direitos Reservados. Todas as imagens de quadrinhos, personagens, filmes, séries e etc são marcas registradas dos seus respectivos proprietários.

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Twitter Ícone